Nessas férias (muito quentes, diga-se de passagem), tenho aproveitado a maior parte do meu tempo livre para assistir alguns filmes da minha imensa lista. Alguns são até meio antiguinhos, mas nessa correria do dia-a-dia não tive a oportunidade de vê-los em tempo.

Três Vezes Amor

Esse filme estava a séculos na minha lista. Na história, Ryan Reynolds é Will, um publicitário recém divorciado que vive em Nova York e tem uma filha que quer saber a todo custo como ele e a mãe dela se conheceram, se apaixonaram e se casaram. Will resolve contar a história para a filha, mas inclui outras duas namoradas que teve e muda todos os seus nomes para que a menina (e o publico) descubra com qual delas ele se casou.

O filme é comédia romântica, mas não é bobinho, tem o Ryan que eu amo (Blake sua sortuda), e além disso é surpreendente já que assim como a filha de Will, você fica o filme inteiro “juntando as peças” para tentar descobrir com qual das três garotas ele se casou. Confesso que desde o inicio tive a minha preferida e torci por ela até o último minuto, não se sei se foi a personagem que me conquistou ou a atriz que desde uma certa Rebecca Bloom é uma das minhas favoritas…

Estão Todos Bem

Esse filme tem um título e uma capa bem bobinha, mas não se engane, é uma história comovente, daquelas que faz você repensar a vida e todas as atitudes que já tomou. A história começa com um pai (interpretado pelo mestre Robert de Niro) que perdeu a esposa recentemente e tenta reunir num fim de semana os quatro filhos que estão “espalhados” pelos EUA, só que última hora todos eles cancelam o encontro, fazendo com o personagem de Robert decida visitar cada um deles, nas cidades em que vivem.

O mais legal nesse filme é perceber como os filhos, que levam vidas completamente diferentes um dos outros, tentam da mesma maneira impressionar o pai por medo de decepcioná-lo ou até mesmo por medo de admitir que falharam pelo menos uma vez na vida. É um ótimo filme e uma ótima pedida pra quem não tem medo de chorar assistindo histórias que poderiam muito bem ser a sua.

Como Você Sabe

Esse filme tem a Reese Whiterspoon que eu adoro, o Paul Rudd que desde As Patricinhas de Beverlly Hills continua um fofo, o Owen Wilson que é super divertido e é claro Jack Nicholson que mesmo em poucas aparições sempre arrasa.

Na história, Reese interpreta uma atleta que inesperadamente é cortada do time que atua. Triste e desorientada ela decide dar uma chance para o amor, mas acaba dividida em um triângulo amoroso entre um atleta egocentrico e um homem de negócios que assim como ela passa por uma situação dificil na vida profissional.

Tudo bem que o filme é bem previsivel, mas vale a pena assistir. Eu que adoro uma comédia romântica boba gostei bastante da história e principalmente o fato de todos os personagens terem pelo menos uma sacada “engraçadinha”.

Anúncios