Tags

Dois dias já se passaram, mas eu ainda não acredito que Whitney Houston nos deixou. Confesso que quando soube da noticia de sua morte, entrei em choque, de verdade! Senti minhas pernas tremerem e não conseguia pensar em mais nada. É irônico e até rídiculo, mas eu me senti como alguém que acabou de perder um grande amigo.

Mesmo sabendo da sua luta contra o vício em drogas e álcool, jamais imaginaria que Whitney nos deixaria tão jovem e o que é pior, repentinamente. Em julho passado, por exemplo, a morte de Amy Winehouse não foi tão surpreendente para mim. É horrível pensar dessa maneira, mas a sua morte, infelizmente era algo que eu esperava que fosse acontecer mais cedo ou mais tarde (mesmo torcendo para que ela se recuperasse e voltasse de uma vez por todas ao mundo da música).

Mas com Whitney, era diferente, sua morte foi uma triste surpresa. E mesmo tendo nascido bem na época que I Will Always Love You era a Someone Like You das rádios, e por conta disso não ter acompanhado o auge de sua carreira, sempre amei e admirei tudo que fosse relacionado a essa grande diva da música mundial.

E sabe o que eu mais penso nesse momento? “Que sorte estar na era digital”. Só assim, com o youtube e todas as mágicas da internet, aqueles que assim como eu não presenciaram o sucesso de Whitney puderam conhecê-la melhor e se deliciar com vídeos de apresentações memoráveis e videoclipes sensacionais. Aliás, foi dessa forma, há muitos anos atrás, que eu me apaixonei pela voz inconfundível e pelo inegável talento dessa cantora extraordinária! Que sua música continue inspirando e embalando os ouvidos de seus admiradores, por muitos e muitos anos!

Descanse em paz Whitney Elizabeth Houston, porque nós sempre iremos amar você!

Anúncios