Tags

Quando um cantor ou uma música viram hit, não adianta escapar. A melodia e a imagem do sujeito em questão estão por toda a parte, e olha que você nem precisa se esforçar muito para ficar com o fatídico refrão na cabeça.

 A verdade é que geralmente, esses “modismos” não costumam ter efeito positivo… a não ser que você goste de ouvir “Ai se eu te pego” ou tenha todas as musicas do Justin Bieber no seu Ipod (que fique bem claro que eu não tenho nada contra essas pessoas), mas para nossa alegria (desculpem o trocadilho) algumas vezes esses fenômenos musicais tem um efeito totalmente positivo e é ai que entra a unanimidade da vez: Adele.

 Sim. Ela está todas as partes  e Someone Like You e Rolling In The Deep já viraram mito… com isso é claro surgem aqueles fãs incondicionais, que são tao “dedicados” e “apaixonados” pela inglesinha que quando você pergunta qual sua música favorita, chegam ao ponto de responder com categoria: “aquela da Griselda, que tocava na novela”… efeitos da globalização banalização musical… Mas se você é mesmo fã dela (ou pelo menos sabe o NOME de alguma música) vale a pena conferir o primeiro álbum lançado pela cantora, o emocional 19.

Lançado em 2008, o álbum não fez o estrondoso sucesso do seu sucessor, porém é igualmente bem produzido e recheado de ritimos e letras que valem a pena serem conferidos.

Minha música favorita sem sombra de dúvidas é Hometown Glory:

Mas ainda existem outras maravilhas como Chasing Paviments, Daydreamer e Make You Feel My Love (só para citar algumas)

De fato, Adele é realmente um talento e merece ser reconhecida porque simplesmente faz algo totalmente incomum nos dias de hoje: música com conteúdo. Por isso, com ou sem modismos que venham os álbuns 22,23,24…90 porque pelo menos para mim, sempre será um prazer ouvir a cidadã inglesa mais ilustre da atualidade.

Anúncios