Tags

Lindsay Dee Lohan nasceu em Nova York no dia 02 de julho de 1986 e começou sua carreira com apenas três anos de idade, como modelo infantil da prestigiada Ford Models até investir na carreira de atriz e se transformar numa das maiores apostas da Disney.

Infelizmente o tempo passou e muita coisa mudou, inclusive para LiLo que apesar da pouca idade já passou por maus bocados e de promessa do cinema se transformou na garota problema favorita dos tabloides sensacionalistas.

Como sou do tempo que Britney Spears e Christina Aguilera eram as maiores cantoras da face da terra, Sandy e Junior estavam em todos os programas de TV, os Backstreet Boys eram o sonho de 11 em cada 10 meninas e Lindsay Lohan era o futuro de Hollywood nada melhor que relembrar o auge da carreira da nossa ruivinha favorita com a tag “5 filmes de”:

Meninas Malvadas (2004)

“Cady Heron (Lindsay Lohan) é uma garota que cresceu na África e sempre estudou em casa, nunca tendo ido a uma escola. Após retornar aos Estados Unidos com seus pais, ela se prepara para iniciar sua vida de estudante, se matriculando em uma escola pública. Logo Cady percebe como a língua venenosa de suas novas colegas pode prejudicar sua vida e, para piorar ainda mais sua situação, Cady se apaixona pelo garoto errado”.

Esse sem sombra de dúvidas é o meu filme favorito da LiLo! Vai dizer que você nunca quis fazer um livro do arraso? haha. Sério, já perdi as contas de quantas vezes assisti esse filme e acreditem, é incansável! Sem contar que além de ter Lindsay em uma de suas melhores atuações é ótimo ver a Rachel McAdams e a Amanda Seyfried bem no comecinho de suas carreiras.

Operação Cupido (1998)

“Hallie e Annie (Lindsay Lohan) se conhecem em um acampamento de verão. Elas descobrem que são idênticas, apesar de não terem crescido juntas. Annie foi criada pela mãe, em Londres (Inglaterra); Hallie, pelo pai, na Califórnia, e foram separadas no nascimento depois do divórcio dos pais. Quando o pai está de casamento marcado com uma bela mulher interesseira, as duas resolvem colocar seus pais no mesmo caminho para que eles façam as pazes e as duas possam continuar vivendo como genuínas irmãs gêmeas”.

Acredito que como a grande maioria, esse foi o primeiro filme da LiLo que eu assisti, aliás, esse também foi o primeiro trabalho da carreira dela que tinha pouco mais de doze anos na época. Acho que ver esse filme é revisitar a infância e acima de tudo relembrar de uma Lindsay fofinha, energética e bem distante da garota que que estamos acostumados a ver hoje em dia…

Confissões de uma Adolescente em Crise (2004)

“Lola Drew (Lindsay Lohan) é uma adolescente mimada que está acostumada a ser o centro das atenções por onde quer que passe. Após se mudar para um subúrbio em Nova Jersey, ela é obrigada a trocar de escola. Lá conhece Carla Santini (Megan Fox), a garota mais popular da escola, justamente o posto que Lola tinha em sua antiga escola. Decidida a conquistar o posto na nova escola, Lola passa a disputar popularidade com Carla, especialmente na montagem da próxima peça teatral do colégio, “Pigmaleão”. 

É um típico filme teen, mas vamos e viemos, é sempre bom atacar uma boa pipoca e se divertir com um filminho água com açúcar! Aliás, Cofissões de uma Adolescente em Crise tem um figurino íncrivel e uma trilha sonora muito boa, vale a pena prestar a atenção. O único defeito talvez seja a “atuação” da Megan Fox que se expressa tão bem quanto uma porta…

Sorte no Amor (2006)

“Ashley Albright (Lindsay Lohan) é uma socialite de Manhattan, que é também a pessoa mais sortuda de Nova York. Até que um dia, em um baile de máscaras, ela conhece Jake Hardin (Chris Pine), que é a pessoa mais azarada da cidade. Eles se beijam e, misteriosamente, este ato faz com que a sorte deles seja invertida”.

Adoro esse filme! Em especial pela química inegável da LiLo com o Chris Pine… é bem aquele casal que você torce do começo ao fim e olha que nesse filme eles enfrentam milhares de obstáculos (engraçadíssimos diga-se de passagem)!

Sexta-feira Muito Louca (2003)

“Tess (Jamie Lee Curtis) e Anna (Lindsay Lohan) são mãe e filha que vivem às turras. Decididas a acabar com as brigas, elas repentinamente trocam de corpos. Agora cada uma precisa aprender a lidar com a vida da outra, com as confusões crescendo ainda mais pelo fato de Tess estar de casamento marcado”.

Esse já é praticamente um clássico da sessão da tarde e talvez um dos filmes mais conhecidos da LiLo. Assim como Meninas Malvadas, perdi as contas de quantas vezes assisti Sexta-feira Muita Louca, eu realmente adoro a história e sempre fico imaginado como seria trocar de corpo com a minha mãe… se bem que a gente tem um gênio tão parecido que eu acho que ninguém ia notar!  haha.

Anúncios