Tags

Muitos a consideram um fracasso comercial da atualidade, mas para quem curte boa música e não se importa com os números, Christina Maria Aguilera é uma das melhores coisas que os Estados Unidos já nos “ofereceu” em termos musicais.

Talento nato desde a infância ela dividiu a cena com nomes como Britney Spears, Justin Timberlake e Ryan Gosling no extinto Clube do Mickey Mouse e aos poucos construiu uma carreira sólida, dignamente reconhecida e recheada de sucessos. Não é segredo para ninguém que eu sou um grande fã dessa nova iorquina com alma latina, e por isso depois de passar tanto tempo sem atualizar essa tag decidi finalmente listar 5 grandes motivos para amar essa jovem veterana da música pop:

....

1. Ela tem a melhor voz: Sempre tive um crash por cantoras de voz potente. Aretha Franklin, Etta James, Janis Joplin, Mariah Carey, Whitney Houston, Adele… mas Christina Aguilera é sem dúvidas a dona da melhor voz de todas. Sem medo de expor o seu talento, ela canta e encanta com verdadeira convicção. Gritos afinadíssimos, firulas, falsetes… não há como não reconhecer que mesmo que haja muitos talentos por aí, ela é que é A VOZ.

2. Ela tem personalidade: Quem acompanha Christina desde o inicio, sabe que seu primeiro álbum foi totalmente planejado pela gravadora, por isso na primeira oportunidade que teve, Aguilera nos apresentou a verdadeira Xtina, uma garota forte e sem medo de criticas. Não importa se ela é suja, desbocada, decorada com piercings ou está gordinha… Christina é autentica, ela dá uma verdadeira lição de como “não se importar com a opinião alheia” e a melhor prova disso são suas letras recheadas de mensagens de superação e originalidade.

3. Ela é uma boa treinadora: Verdade seja dita, Christina Aguilera revolucionou o mundo dos realitys musicais, pelo menos no que diz respeito aos jurados do sexo feminino. Presente em três magnificas temporadas do The Voice USA, a cantora simplesmente roubou a cena. Logico que o programa tem um formato muito favorecedor e os meninos da bancada são um caso a parte, mas que Xtina definitivamente fez diferente, isso ela fez. Nada de “jurada fofa”, Christina foi verdadeira, elogiou quando tinha que elogiar, criticou quando tinha que criticar (mesmo que isso lhe rendesse inimizades) e deu dicas valiosíssimas, sim, Christina provou que é uma treinadora de talento, talvez não tão “estrategista” quanto Adam Levine, mas uma mentora que sem dúvidas ajudou e muito na evolução de seus candidatos.

4. Ela é solidária: Embaixadora da Boa vontade da ONU, Christina Aguilera usa sua fama e influência para espalhar solidariedade pelo mundo. Um de seus principais trabalhos humanitários diz respeito a uma campanha contra a fome mundial, que de tão séria, lhe rendeu uma condecoração do governo norte-americano – uma honraria, que até então só havia sido concedida a políticos. Além disso, ela sempre faz questão de usar a música como forma de mudar a vida das pessoas, seja em shows beneficentes ou em letras que de alguma forma ajudam milhares de jovens a superarem problemas relacionados a rejeição e ao preconceito.

5. Ela soube evoluir: De um passado como menininha da Disney a ícone da música mundial. Christina basicamente cresceu sob os holofotes e de fato, a sua musicalidade evoluiu junto com ela. Cada álbum reflete uma fase da vida da cantora, e de certa forma, apesar de algumas criticas e incertezas, ela não se perdeu nessa passagem da adolescência para a vida adulta – sorte nossa, porque ainda hoje aos 31 anos ela não tem medo de mudar.

Anúncios