...Autor: Debbie Macomber
Título Original: The Inn at Rose Harbor
Ano de Lançamento: 2013
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 352
Nota: 4/5 
Sinopse: Jo Marie Rose decide comprar uma pequena pousada, como forma de superar a morte do marido. Mal sabe ela que as surpresas que a esperam nessa nova empreitada. Seu primeiro hóspede é Joshua Weaver, que voltou para casa para cuidar de seu padrasto doente. Os dois nunca se conheceram pessoalmente e Joshua tem alguma esperança de que possam conciliar suas diferenças. No entanto, uma habilidade de Joshua há muito perdida prova que o perdão nunca está fora de alcance e que o amor pode florescer onde menos se espera. A outra hóspede é Abby Kincaid, que retorna a Cedar Cove para comparecer ao casamento do irmão. De volta pela primeira vez em 20 anos, ela quase deseja não ter ido, devido às memórias trazidas pela pitoresca cidade. E conforme Abby se reconecta com sua família e seus velhos amigos, percebe que só pode seguir em frente se permitir-se verdadeiramente a isso.

“Aquela casa, aquela pousada, seria um lugar de cura. Não apenas para quem viesse se hospedar, mas também para mim”

Sabe aquelas histórias que por mais clichês que possam parecer conseguem te conquistar de um jeito super positivo? Pois é. “A Pousada Rose Harbor” se encaixa justamente nesse quesito. Sem grandes reviravoltas, tramas mirabolantes e personagens misteriosos, o livro apresenta uma história simples e encantadora sobre três pessoas que a sua maneira acabam indo para a paradisíaca Cedar Cove em busca de superação.

A primeira personagem que nos é apresentada, é a jovem viúva Jo Marie Rose que após a morte do marido decide abandonar a vida na cidade grande e arriscar todas as suas economias na compra de uma pousada que acaba se tornando o centro de toda a trama. Solitária e ainda em luto pela morte do homem de sua vida, Jo pouco a pouco cede ao “poder” daquela cidadezinha tão acolhedora, e assim como nós conhece a histórias de  Abby Kincaid e Josh Weaver – seus dois primeiros hospedes.

Abby é uma mulher amargurada por eventos do passado. Depois de passar décadas longe da pequena Cedar Cove, a jovem é “obrigada” a retornar para sua cidade natal por conta do casamento de seu único irmão, Roger. O problema é que Abby carrega consigo uma enorme culpa pela morte de sua melhor amiga, Angela, e o fato de boa parte da pequena cidade acreditar no mesmo faz com que a jovem se sinta terrivelmente assustada com o próprio retorno.

Josh também precisa retornar as suas origens para finalmente “aparar” as pontas de uma história mal resolvida. Expulso de casa quando ainda estava no Ensino Médio, Josh que havia perdido a mãe semanas antes de ter que deixar Cedar Cove, aprendeu a se virar sozinho e consequentemente tornou-se um homem fechado e amargurado pelos problemas com seu padrasto Richard  (que agora se encontra entre a vida e a morte e precisa mais do que nunca do perdão e da força de vontade do enteado para encontrar a paz).

Os dois tinham voltado com fardos nas costas a Cedar Cove, seu antigo lar. Mas eu mesma carregava vários. Percebi que cada um de nós leva sua carga, alguns mais que outros. Algumas pessoas ficam tão acostumadas ao peso extra que parecem não ter consciência dessa bagagem. Senti um impulso de ajudar meus hóspedes, mas não tinha certeza se e como poderia ajudá-los – ou mesmo se deveria tentar. Talvez eles tivessem vindo à Pousada Rose Harbor para poderem me ajudar”.

Aos poucos cada personagem reencontra seu passado e com ele aprende a construir um futuro melhor para si. Obviamente a história, apesar de previsível consegue agradar em cheio um leitor que assim como eu gosta de narrativas fluídas e personagens cativantes. Debbie Macomber sem dúvidas, é uma excelente escritora, entretanto, não podeira deixar de dizer que houve somente um ponto que me deixou descontente: a maneira super rápida com que todos os personagens, principalmente Abby e Josh, resolveram suas pendências com o passado.

Logicamente problemas que são carregados durante uma vida não podem ser resolvidos rapidamente em uma questão de dias. Ainda assim, como na ficção tudo é possível, diria que esse fato pouco realista não chega a prejudicar o andamento da trama que eu super recomento e que caso ainda não saibam terá continuação.

Isso mesmo. “A Pousada Rose Harbor” é o primeiro título de uma série que terá como pano de fundo a aconchegante pousada de Jo Marie. A má notícia, no entanto,  é que por enquanto o segundo livro da série ainda não foi lançado em terras tupiniquins…

Anúncios