liateapagina100e

Criada pelo blog “Eu leio, eu conto” a tag “Li até a página 100 e…” consiste basicamente em compartilhar sua opinião sobre o livro que você está lendo no momento. Para isso, basta chegar a centésima página do dito cujo e responder a algumas perguntinhas gerais sobre ele.

AME_O_QUE_E_SEU_1331648950BLeitura atual: “Ame o que é Seu” – Emily Giffin

Primeira frase da página 100:
”A manhã de segunda-feira chegou voando, como costuma acontecer quando não se sabe ao certo como agir”

Do que se trata o livro:
O livro conta a história de Ellen Grahan, uma fotógrafa na casa dos 30 anos que após um reencontro com um amor do passado, começa a questionar suas escolhas e seus valores. O grande problema, é que nada na vida de Ellen está fora do lugar. Vivendo o ápice de sua carreira profissional e um casamento perfeito com um marido amoroso e que claramente a ama, a protagonista se vê num turbilhão de sentimentos que a fazem questionar se a vida que tem hoje é mesmo aquela que sonhara a anos.

O que está achando até agora?
Eu estou adorando. Tudo bem que eu sou suspeita para falar de Emily Giffin, mas até o momento ela não tem me decepcionado.

O que está achando da personagem principal?
Ellen é uma mulher comum. Dedicada a carreira e conciliando seu trabalho com a vida em família, ela poderia ser qualquer uma de nós. É muito fácil se identificar com ela e com os dilemas dela. Sabe aquela personagem que você se irrita por tomar tal atitude, mas minutos depois percebe que no lugar dela talvez estaria fazendo a mesma coisa? Ellen é exatamente isso.

Melhor quote até agora:

O que me faltava aprender, no entanto, era que as coisas raramente são tão perfeitas e certinhas como aquela historinha de brilhar os olhos para se assistir sentado no sofá

Vai continuar lendo?
Com certeza! Estou ansiosa para saber aonde as dúvidas de Ellen vão parar. Aliás, não consigo fazer a minima ideia de como tudo vai acabar. Como sempre Emily cria narrativas tão reais que elas realmente parecem a caixinha de surpresas que é a vida real. Tudo pode acontecer!

Última frase da página:
“Ele segue em direção à Park Avenue e, antes de perdê-lo de vista, deduzi, por sua silhueta, que ele caminhava alegre, balançando a pasta ao lado do corpo”

Anúncios