Depois de um looongo período sem falar das minhas leituras, resolvi correr atrás do prejuízo e voltar a contar um pouquinho mais sobre a minha vida literária. Lógico que não vai dar de recapitular tudo, mas aos pouquinhos pretendo voltar a fazer as minhas resenhas (que nada verdade são mais impressões de leitura que qualquer outra coisa).

Por enquanto, decidi fazer um apanhado geral e contar um pouquinho das minhas leituras no mês de fevereiro. Ao todo, foram cinco leituras e eu confesso que estou muito feliz. Afinal de contas, fevereiro já é curtinho por natureza e como se não bastasse teve feriadão de Carnaval, volta as aulas e muitas outras coisas… Mas enfim. Vamos as leituras:

MENTIROSOS_1410223052BMentirosos – E. Lockhart

Editora Seguinte | 272 páginas | Sinopse

Finalmente li o livro mais falado dos últimos tempos! E confesso que apesar de todo o falatório em torno dele, não me surpreendi nem um pouco com a grande surpresa do final da história. Sim, eu descobri por alto o tal segredo no meio do livro e acredito que isso tenha anulado o choque que muitos leitores sentiram ao se deparar com a verdade por trás da família Sinclair. Mas de modo geral, o considero um livro maravilhoso. E obviamente o recomendo. É uma leitura rápida, instigante e muito bem pensada. A narrativa do livro é um pouco diferente do que estamos acostumados e confesso que isso me deixou confusa nos primeiros capítulos, mas a medida em que entrei no ritmo da história isso se tornou imprescindível para a leitura. Mentirosos não teria a metade do seu charme se não possuísse tal narrativa. E o mais legal de tudo: o tal segredo do “verão dos 15” sempre esteve lá. O segredo está escrito nas entrelinhas de toda a história!

OS_TRES_1397689771BOs Três – Sarah Lotz

Editora Arqueiro | 400 páginas | Sinopse

Que livro INCRÍVEL! Há muito tempo eu não lia algo tão denso e ao mesmo tempo tão bizarro! A começar pela edição maravilhosa da Editora Arqueiro e a narrativa fantástica criada por Sarah Lotz. Os três é um livro dentro de um livro e isso fez toda a diferença. A sensação de que estamos lendo algo real é gritante e ao mesmo tempo apavorante, pois a medida em que avançamos a leitura coisas muito esquisitas e inexplicáveis começam a acontecer. Aliás, inexplicável é a palavra desse livro. Não espere um final redondinho, com respostas e muita felicidade. O último capitulo é o ápice da atmosfera densa criada durante toda a narrativa. Para falar a verdade nem consigo explicar o que esse livro realmente é. Apesar dos momentos creepy, ele não chega a ser de terror e nem de suspense. É um mistério, mas um mistério diferente de tudo que eu já havia lido. Só lendo para saber. Uma leitura mais do que recomendada!

UMA_LONGA_JORNADA_1408315645BUma Longa Jornada – Nicholas Sparks

Editora Arqueiro | 288 páginas | Sinopse

E depois de das leituras densas, a minha TBR Jar pareceu entender o recado e sorteou um livrinho fofo do Nicholas Sparks. Para falar a verdade eu tenho sim, alguns títulos preferidos dentre as obras do autor, mas Uma Longa Jornada foi mais do mesmo. Não chegou a ser uma leitura ruim, mas também não foi algo arrebatador sabe? Foi uma leitura ok. Aliás, acho até, que se o livro fosse focado somente em um dos casais (Ira e Ruth) a história seria muito mais interessante e emocionante. Recomendo obviamente para quem gosta de romance. Mas não espere lágrimas e suspiros. Na minha humilde opinião, Nicholas já fez melhor!

.

.

.

SEJAMOS_TODOS_FEMINISTAS_1411848602BSejamos Todos Feministas – Chimamanda Ngozi Adichie

Editora Companhia das Letras | 36 páginas | Sinopse

Por favor leiam esse livro! Ok. Nem é um livro. Na verdade Sejamos Todos Feministas é uma espécie de adaptação de uma palestra que a autora deu num evento chamado TEDx Euston, mas não deixem de ler! No livro (vou chamar de livro), ela conta um pouquinho das experiências pessoais dela atrelando todas as situações com o feminismo. Ela fala sobre os amigos, a carreira, o próprio feminismo e mostra o que é ser mulher nos dias de hoje, e principalmente, o que é ser uma mulher feminista nos dias de hoje. A narrativa é bem fluída, bem tranquila, li em questão de 30 minutos (ou nem isso) e sinceramente, fiquei com um gostinho de quero mais. Por isso, acabei indo um pouquinho atrás das coisas que a Chimamanda já fez e descobri que ela tem alguns títulos bem interessantes e  que eu, obviamente, pretendo ler!

.

.

A_DISTANCIA_ENTRE_NOS_1228172001BA Distância Entre Nós – Thrity Umrigar

Editora Nova Fronteira | 336 páginas | Sinopse

E para finalizar o mês, li outro livro fantástico! E sabe o que é pior? Demorei séculos para ler essa preciosidade. A distância entre nós está a tanto tempo na minha estante que eu fico até envergonhada de dizer que eu já poderia ter lido ele! Confesso que apesar de simpatizar com a sinopse, sempre tive medo de detestar tudo. Não havia algo que realmente chamasse a atenção, até que um dia, depois de ler tantas coisas sobre a Índia, percebi que ainda faltava ler esse livro. E sim, eu poderia ficar aqui me repetindo, mas A Distância Entre Nós é um livro muito bonito. E o sabe o que é melhor?  A narrativa é a responsável por essa beleza. A história das duas protagonistas tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais, poderia ser só mais uma, mas Thrity Umrigar soube criar algo digno de reflexão. A história de Bhima e Sera pode se passar na longínqua India, mas poderia ser uma história sobre duas mulheres brasileiras, tamanha similaridade de conflitos, diferenças sociais e é claro o papel da mulher que infelizmente (como a Chimamanda deixou bem claro no livrinho acima) ainda é basicamente o mesmo em qualquer parte do mundo. Recomendo!

E é isso! Essas foram as minhas leituras do mês de fevereiro! Talvez em março eu volte com um resumão do mês, e se Deus quiser, novas resenhas também vão surgir por aí!

Anúncios